Já chegou o novo jogo de tabuleiro, concebido por técnicos do CADIn, com o objetivo de servir de instrumento pedagógico na abordagem ao bullying.

 

jogo bullying 1

A escola, representada no tabuleiro, é o palco da ação do jogo, ao longo do qual os jogadores têm de descobrir quem foi o agressor da Maria Inês, a vítima, bem como o tipo de bullying praticado, o local onde ocorreu e quem foi a testemunha. Para poderem ter acesso à informação que permite descobrir o que se passou, têm que ir respondendo a questões centradas em cinco áreas de competências: «Assertividade», «controlo de impulsos», «promoção da empatia», «identificação do bullying» e «resolução de problemas».

Segundo um recente relatório da UNESCO, dois em cada dez alunos em todo o mundo são vítimas de bullying. Esta organização defende que a escola deve combater este tipo de violência, ensinando as crianças a compreender e a lidar com as situações de agressão.

O jogo “Bullying: Um Dia na Escola”, é uma ferramenta para realizar esta sensibilização, ajudando, de forma lúdica, as crianças a compreenderem e identificarem as situações de bullying mais frequentes e a desenvolverem competências socioemocionais essenciais para aprenderem a lidar melhor com as mesmas.

Conteúdo do jogo de tabuleiro:

– Tabuleiro
– 27 cartas de situação (6 cartas «agressor» + 6 cartas «testemunha» + 6 cartas «tipos de bullying» + 9 cartas «local»)
– 100 cartas de competências
– Folhas de registo
– 1 roleta
– 4 peões
– 1 lápis
– 1 dado
– Regras

Pode adquirir o jogo em qualquer das 3 unidades do CADIn – Cascais, Lisboa e Setúbal.

Valor: 24,90€ (Parte da receita da venda deste jogo reverte para a Bolsa Social do CADIn)

Parceiro: Ideias com História

Porque os temas difíceis não devem ser ignorados e a brincar todos aprendemos melhor.