Testemunho | Marta, 15 anos

 

“Olá, chamo-me [Marta] e entrei num mundo chamado depressão.

Tudo começou aos 12 anos de idade, era uma menina normal, feliz, rodeada de amigos... Quando tudo isso foi desaparecendo. Fechei-me em casa, não conseguia conviver com as pessoas como antes, não frequentava mais a escola pois a sensação de poder entrar e viver o mesmo que as outras crianças viviam era aterrador.

Sentia-me triste 24 horas em cada dia que passava, não gostava mais da minha família, não me importava mais com nada nem comigo mesma, era eu e a depressão. Via todos aqueles que estavam comigo a afastar-se, não tinha mais planos para o dia de amanhã, basicamente ficava à espera que me libertasse da tristeza quando ela quisesse ir embora.”

Entretanto, entrei para o CADIn e lá aprendi a me valorizar, a ganhar esperança, lidar com todos os problemas que poderiam surgir na minha vida adiante. Consegui ultrapassar tudo e sei que sempre que precisar posso contar sempre com o apoio do CADIn.

Hoje posso dizer que sou outra [Marta], encontrei um rumo, voltei à escola, já tenho amigas que gostam de mim por aquilo que sou e encontro-me feliz graças ao CADIn.”

Marta (nome fictício), 15 anos

Apoie o CADIn

O CADIn é uma IPSS e os seus projetos de intervenção social dependem exclusivamente do apoio de particulares e empresas.
Conheça aqui as algumas formas de ajudar.