História | Tomás

Tomás começou a vir ao CADIn em Junho de 2016 com queixas de mau comportamento: era agressivo com a família e com os colegas de escola.

Ao cabo de 6 sessões de intervenção os problemas de comportamento ficaram resolvidos, mas foi evidente que estes tinham por base dificuldades de aprendizagem. Com 10 anos e duas retenções, o Tomás frequentava o 4º ano sem ter ainda aprendido a ler. A escola acreditava que poderia ter uma dificuldade intelectual, pelo que sugeriram à família que integrasse um Currículo Específico Individual (CEI). Um CEI significaria a exclusão de uma sala de aula de ensino regular passando a frequentar, no ano seguinte, uma Unidade de Ensino Estruturado juntamente com alunos com autismo severo.

Através de uma avaliação psicopedagógica realizada no CADIn, foi possível perceber que as dificuldades de aprendizagem do Tomás se deviam a dislexia e défice de atenção, não a uma dificuldade intelectual. Com esta informação, os técnicos do CADIn, juntamente com os professores, desenharam um plano de intervenção diferente: manter o Tomás numa sala de ensino regular com apoios de educação especial adaptados às dificuldades identificadas na avaliação.

No ano letivo seguinte, manteve o apoio no CADIn, agora focado nas questões de aprendizagem. Em Dezembro, já tinha aprendido a ler e em Março tinha lido quatro livros completos. Vai manter o acompanhamento para reforçar as competências de leitura e escrita tão importantes para, no próximo ano letivo, enfrentar o desafio da passagem para o 5º ano.

O Tomás tem origens humildes. Os pais frequentaram a escola apenas até ao 6º ano, a mãe trabalha sazonalmente na limpeza de hotéis e o pai faz pequenos biscates na construção civil. Não percebem bem o que é a dislexia nem como a combater, apenas desejam que o Tomás possa estudar mais do que eles conseguiram, como o desejaram para a irmã mais velha que este ano iniciou a faculdade com uma Bolsa de Estudo.

Apoie o CADIn

O CADIn é uma IPSS e os seus projetos de intervenção social dependem exclusivamente do apoio de particulares e empresas.
Conheça aqui as algumas formas de ajudar.