• 1

Programa CADIR

Intervenção intensiva para crianças com sinais precoces de Perturbação da Relação e Comunicação


O programa de intervenção precoce CADIR dirige-se a crianças que apresentem sinais de Perturbação da Relação e Comunicação ou Perturbação do Espetro do Autismo, com idade inferior a 4 anos e logo que surjam os primeiros sinais.

“O conjunto das perturbações do espetro do autismo tem sido cada vez mais diagnosticado.
A deteção precoce é importante, pode fazer diferença e afectar positivamente a evolução, porque hoje temos meios de intervenção adequados às crianças pequenas, assim que surgem os primeiros sinais de perturbação da relação e da comunicação.”
Pedro Caldeira da Silva
Pedopsiquiatra

Quando uma criança apresenta sinais de que pode ter uma Perturbação da Relação e Comunicação, é realizada uma avaliação por uma equipa multidisciplinar, ao longo de 5 sessões, com vista à caracterização do seu perfil em termos da interação social, comunicação, comportamento, integração sensorial e de desenvolvimento. Mediante os resultados desta avaliação é elaborado um Plano de Intervenção, adequado às caraterísticas e necessidades da criança.

A intervenção é baseada no modelo DIR (Desenvolvimento, Diferenças Individuais e Relação), desenvolvido nos EUA, na década de 90, pelo Pedopsiquiatra Stanley Greenspan e sua equipa, com uma taxa de sucesso bastante significativa.

É um modelo global e intensivo de intervenção que segue a abordagem Floortime e que inclui as especialidades terapêuticas como Psicologia, Terapia da Fala e Integração Sensorial (Terapia Ocupacional). Pressupõe o envolvimento da família, bem como a articulação com os profissionais do Jardim de Infância que a criança frequenta. Ao longo do processo, a família é orientada pela equipa técnica no apoio do desenvolvimento da criança e nas estratégias para lidar com os desafios relacionais.

Para implementar este programa, o CADIn criou duas salas, uma das quais totalmente equipada para intervenção em Integração Sensorial, de forma a proporcionar oportunidades sensoriais promotoras do desenvolvimento global.

O CADIR conta com a supervisão do Médico Pedopsiquiatra Dr. Pedro Caldeira da Silva, especialista no modelo DIR - Floortime, sendo continuamente monitorizado pela equipa responsável e em reuniões periódicas com os pais.

 

Equipa Técnica - Cascais

Pedro Caldeira da Silva – Pedopsiquiatra (Supervisão)

Paula Vilariça - Pedopsiquiatra

Pedro Cabral – Neurologista Pediátrico

Rita Lopes da Silva - Neurologista Pediátrica

Ana Rita Gonzalez e Alexandre Sargaço- Terapeutas da Fala

João Cadima - Terapeuta Ocupacional

Magda Alves - Psicóloga Clínica

Susana Lúcio – Técnica Superior de Educação Especial e Reabilitação

 

 

Equipa Técnica - Setúbal

Pedro Caldeira da Silva – Pedopsiquiatra (Supervisão)

Paula Vilariça - Pedopsiquiatra

Pedro Cabral – Neurologista Pediátrico

Cláudia Eira – Psicóloga Clínica

Carolina Carneiro – Psicomotricista

Filipa Mendão – Terapeuta da Fala

Júlia Vinhas – Psicóloga Clínica

Sandra Nobre – Terapeuta Ocupacional

 

Para mais informações, contacte:

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
214 858 240

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • 17º ANIVERSÁRIO CADIn

    Celebramos hoje, dia 6 de janeiro, 17 anos de vida. Uma bonita história de sucesso que se mede pelas milhares de famílias que ao longo dos anos puderam encontrar no profissionalismo da vasta equipa do CADIn, as respostas que procuravam às suas preocupações. Uma história que nos dá força para continuar a escrever novos capítulos de êxito e a começar já este ano de 2020 com a realização do nosso Congresso Internacional sob o lema “Tecnologia e Inclusão: e-moção, e-ducação, e-volução”.

    BOM ANO!

  • Tecnologia e Inclusão: e-moção, e-ducação, e-volução

    IV Congresso Internacional CADIn | Lisboa

    19 a 21 de março de 2020