• 1

AVALIAÇÃO DA PRONTIDÃO ESCOLAR

A entrada de uma criança para a escola é frequentemente um momento vivido com ansiedade por parte dos pais.

As dúvidas podem surgir dos próprios pais ou da educadora que acompanha a criança e alerta os pais:
- Será que se vai adaptar à rotina da sala de aula?
- Será que vai gostar dos colegas?
- Será que vai aprender bem?
- Será que está preparado?

Com o 1º ano começam as aprendizagens formais da literacia, da matemática e do estudo do meio. A leitura e a escrita são habilidades que têm de ser aprendidas de forma sistematizada e não ocorrem de forma espontânea, como acontece com a fala por exemplo. A ausência de alguns pré-requisitos para as aprendizagens pode comprometer o sucesso escolar no futuro bem como a atitude perante a escola.

No Cadin pode realizar uma avaliação da prontidão escolar.
Esta avaliação tem o objetivo de dar o máximo de informações aos pais e educadores sobre o desenvolvimento da criança e fornecer orientações para uma boa adaptação ao 1º ciclo.
A avaliação da prontidão escolar é realizada num mínimo de duas sessões presenciais e é composta por 3 vertentes centrais:
- Avaliação cognitiva
- Avaliação das competências pré-académicas
- Avaliação comportamental e emocional
De acordo com as dificuldades e capacidades identificadas, a equipa ajudará a delinear um plano de intervenção a aplicar em colaboração com a escola e a família, no sentido de promover as aprendizagens emergentes.

Esteja atento e acompanhe o desenvolvimento do seu filho. Seguem-se alguns sinais de alerta que o devem levar a questionar a educadora e/ou o pediatra:

o A criança não revela curiosidade nem confiança em experimentar atividades novas.
o A criança não identifica nem produz rimas e lenga-lengas.
o A criança não reconhece o seu nome escrito, nem o escreve sozinha.
o A criança não divide as palavras em sílabas.
o A criança não identifica nem escreve algumas letras e números.
o A criança não conta acontecimentos ou narra histórias.
o A criança não faz contagens nem relaciona números até 10.
o A criança não reconhece a quantidade num conjunto até 6 sem contagem.
o A criança não utiliza corretamente os conceitos espaciais: frente/trás, cima/baixo, dentro/fora, etc.
o A criança não demonstra empenho nas actividades que realiza (por iniciativa própria ou propostas pelo educador), concluindo o que foi decidido fazer e procurando fazê-lo com cuidado.

Se o seu filho revela alguma destas dificuldades fale com a educadora e procure-nos para esclarecer as suas dúvidas.

Para mais informações, contacte:

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
214 858 240

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

  • 17º ANIVERSÁRIO CADIn

    Celebramos hoje, dia 6 de janeiro, 17 anos de vida. Uma bonita história de sucesso que se mede pelas milhares de famílias que ao longo dos anos puderam encontrar no profissionalismo da vasta equipa do CADIn, as respostas que procuravam às suas preocupações. Uma história que nos dá força para continuar a escrever novos capítulos de êxito e a começar já este ano de 2020 com a realização do nosso Congresso Internacional sob o lema “Tecnologia e Inclusão: e-moção, e-ducação, e-volução”.

    BOM ANO!

  • Tecnologia e Inclusão: e-moção, e-ducação, e-volução

    IV Congresso Internacional CADIn | Lisboa

    19 a 21 de março de 2020