Newsletter CADIn | outubro 2018

Leia aqui as mais recentes notícias, projetos e testemunhos do universo CADIn.

cabecario newsletter 43


Saúde Mental

Neste mês de Outubro celebra-se o dia Mundial da Saúde Mental. Também neste mês decorreu em Barcelona o mais prestigiado encontro científico europeu na área das neurociências clínicas – o 31º Congresso do European College of Neuropsychopharmacology.

Num plano mais pessoal completam-se este mês 20 anos desde que concluí o curso de Medicina. Que extraordinário caminho percorreram a Saúde Mental e a Psiquiatria nestas duas décadas! Uma psiquiatria pseudo-humanista em que o brilhantismo filosófico dos profissionais convivia pacificamente com as misérias do asilo psiquiátrico transformou-se numa ciência multidisciplinar capaz de impor uma verdadeira política de saúde mental centrada nas necessidades dos indivíduos e das populações. Simultaneamente, o primado da ideologia sobre a ciência sucumbiu ao crescimento explosivo das neurociências e à revolução dos tratamentos. Encerrámos os asilos, e passámos a tratar a doença mental grave no seio das nossas comunidades. O acesso à saúde mental e ao seu tratamento democratizou-se e generalizou-se, e as doenças mentais comuns como a depressão ou a ansiedade entraram sem complexos no nosso léxico quotidiano. A aceitação da diferença joga-se também aqui. Nos últimos anos o desafio passou a ser já não tratar a doença, mas conseguir que também aqueles a quem a doença mental fragiliza vivam plenamente na medida das suas capacidades, e que o façam entre nós. Apesar dos motivos de preocupação - do subfinanciamento da saúde mental pública ao ressuscitar da intolerância e do darwinismo social – estas são conquistas irreversíveis e consolidadas e podemos dizer hoje que a Psiquiatria e a Saúde Mental como disciplinas científicas resgataram finalmente o seu legado Humanista.

Nesta newsletter damos conta de alguns projetos e iniciativas do CADIn dedicados a apoiar aqueles a” quem a doença mental fragiliza vivam plenamente na medida das suas capacidades”. São projetos que vão além da clínica e que promovem a inclusão plena na sociedade, intervindo no acesso ao emprego, no acesso a atividades na comunidade, na promoção da autonomia, tendo sempre em consideração as vontades e necessidades de cada um.

Bernardo Corrêa - diretor científico do CADIn  

bcc

  

 

 

  

  


Protocolo com a Fundação Calouste Gulbenkian

Foi celebrado um protocolo de colaboração com a Fundação Calouste Gulbenkian para financiamento da Bolsa Social da Unidade CADIn de Setúbal. Para além da comparticipação de consultas e sessões de intervenção, este projeto engloba o acompanhamento social das famílias e a realização de um programa de educação parental.

O número de famílias apoiadas pela Bolsa Social na Unidade CADIn de Setúbal tem vindo a aumentar de ano para ano e os resultados da análise de impacto social realizada em 2017 permitiram perceber que fazia falta uma intervenção maior junto das famílias.

Com este protocolo de colaboração será possível não só garantir apoiar o número crescente de famílias com necessidade de Bolsa Social, bem como fazer um trabalho de intervenção social com as famílias mais frágeis, orientando-as na procura de soluções nas comunidades onde se inserem, na obtenção de prestações sociais, no acesso ao emprego, entre outras.

O programa de educação parental, por sua vez, tem por objetivo possibilitar aos pais ganhar novas ferramentas e maior confiança para serem agentes ativos e de transformação dos seus filhos e das relações familiares.

Agradecemos à FCG por este apoio e pela confiança no trabalho do CADIn ao renovar a parceria que nos unia desde 2015.

Gulbenkian


Encerramento do projeto Eu Tenho + Potencial

Financiado pelo Instituto Nacional para a Reabilitação, o projeto Eu tenho + Potencial visou desenvolver competências transversais para o trabalho de jovens com perturbações do neurodesenvolvimento. O projeto proporcionou estágios de curta duração (3 meses) a dez jovens que também beneficiaram de cinco sessões de mentoria no CADIn sobre competências transversais para o trabalho. Além disso, permitiu a realização de ações de sensibilização sobre as perturbações do neurodesenvolvimento que envolveram trinta e cinco colaboradores nas nove empresas de acolhimento parceiras.Destes 10 jovens, um foi contratado pela empresa de acolhimento em estágio – a Everis.

Deixamos o nosso agradecimento às empresas parceiras neste projeto: Altice, BNP Paribas, El Corte Inglês, Everis, Galp Energia, Associação de Educação Popular do Zambujal, Logoplaste, Prosegur e RTP.

Fazemos um especial agradecimento aos colaboradores da Logoplaste que se voluntariaram para dinamizar duas sessões de mentoria sobre eu tenho potencial
“Comunicação Empresarial” e “Qualidade no Trabalho”: Ana Ferreira, Bernardo Dias, Magda Merali e Susana Garcia. 

 

 


7ª edição do programa Redes Ativas

No dia 13 de outubro teve início mais uma edição do Redes Ativas. Este programa de intervenção inovador destina-se aos jovens entre os 15 e os 25 anos com dificuldades na socialização. O grupo irá reunir-se todos os sábados para, num ambiente de partilha e companheirismo, realizar diferentes atividades que ajudam a estimular a autonomia no dia-a-dia e nas relações sociais.

Nesta 7ª edição há duas novidades:
• As atividades na comunidade serão enquadradas no jogo Aventura na Cidade. Ao longo das várias semanas, o grupo terá que procurar pistas para conseguir decifrar o enredo (encontrar um tesouro, uma personagem desaparecida, um mistério, alguém que necessita de ajuda). Para obter estas pistas terão que visitar vários locais de referência na cidade onde irão enfrentar diferentes desafios.
• As atividades em sala, para além de desporto, dinâmicas de grupo e treino de competências sociais terão uma oficina de expressão dramática.
Para mais informações e inscrições consulte a informação em www.cadin.net 


A Par e Passo

No próximo mês, vamos dar início a mais uma edição do programa A Par e Passo, começando por recrutar voluntários.

O projeto “a Par e Passo” tem por objetivo combater o isolamento e promover a inclusão de jovens adultos com necessidades especiais através do apoio de voluntários.

Se pretende saber mais sobre este voluntariado ou se conhece alguém que poderá beneficiar deste acompanhamento, saiba mais em: http://www.cadin.net/a-par-e-passo

Cpia de logo a par e passo

 

 


 Visita de Delegação de Macau

comitiva chinesa

No dia 12 de outubro, recebemos a visita de uma delegação do governo de Macau para um intercâmbio de conhecimentos e experiências sobre a inclusão de pessoas com deficiências e incapacidades.

A delegação, composta por representantes da administração pública e de associações e liderada pela Vice-Presidente do Instituto de Ação Social do Governo da RAEM,  Dra. Lucília Ho Va Pou, manifestou interesse em conhecer a atividade do CADIn e a forma como a equipa clínica trabalha em colaboração com a escola e outras entidades na comunidade.

 


Novas colaboradoras

Desde o início do ano letivo que contamos com mais duas colaboradoras na equipa clínica:

Carmo Cruz, Psicóloga Clínica especializada em psicoterapia dinâmica (com e sem "Sandplay"), a crianças, jovens e adultos; 

carmo cruz 2

catarina baleiaCatarina Baleia, terapeuta da fala, com especial interesse na área das Perturbações da Linguagem em idades pré-escolares e escolares e na intervenção em Neonatologia.

Damos as boas vindas! 

 


Estagiários

No dia 9 de Outubro, recebemos a Natacha, a Patrícia, o Miguel, a Marina e o Marcelo, que escolheram o CADIn para fazerem os seus estágios curriculares ou de observação, para o ano letivo 2018/19. Vieram de 4 universidades diferentes e são todos da área da Psicologia e Neuropsicologia. 


Aconteceu

Formação em Alenquer alenquer
Nesta acção estiveram presentes cerca de 35 assistentes operacionais das valências pré-escolar e ensino básico.
A convite da Câmara Municipal de Alenquer, no dia de 7 de setembro, Susana Lúcio, Ana Rita Gonzalez e Rita Soares realizaram uma formação sobre estratégias facilitadoras da integração de alunos com Perturbação do Espetro do Autismo.

CADIn Vem a Portalegre portalegre 4
Nos dias 19 e 20 de outubro, a equipa do CADIn esteve em Portalegre a dinamizar dois workshops e um seminário sobre Perturbações do Neurodesenvolvimento, para profissionais de saúde, de educação e pais.
Os participantes consideram muito importante estas ações de formação, no interior do país, para partilha de experiências e receberem dicas e estratégias de forma a poderem lidar com esta população.
Agradecemos a Escola Superior de Educação e Ciências Sociais de Portalegre o apoio e acolhimento!

 


CADIn nos Media

19 de agosto | Público | Sandra Nobre
O seu filho tem competências para o século XXI?

16 de setembro | Público | Sofia Silva
Quer investir na educação do seu filho? Promova desde cedo as suas funções executivas.

14 de outubro | Público | João Cadima
A ocupação dá sentido à nossa vida